X

Hospital do Câncer de Muriaé adota novas medidas de prevenção e combate ao coronavírus

Novas medidas passam a valer a partir do dia 22 de junho de 2020


Em 22/06/2020 às 08h13

Em função da pandemia do COVID-19 (Coronavirus) e, principalmente, do alto número de infecções em Minas Gerais, destacando a Zona da Mata como uma das regiões mais impactadas, o Hospital do Câncer de Muriaé, mantido pela Fundação Cristiano Varella – que tem a missão de combater o câncer e valorizar a vida – desenvolveu um protocolo que visa conter e evitar a proliferação do vírus na instituição.  

Este protocolo foi desenvolvido e é monitorado por uma Comissão de Gerenciamento de Riscos, composta por médicos e profissionais de diferentes áreas da instituição, que atua desde o início da pandemia. Ela se reúne diariamente para acompanhar os avanços da doença, analisar o cenário na região e a situação do hospital, tomando as medidas necessárias para preservar o ambiente hospitalar seguro, mantendo o equilíbrio e a tranquilidade dos pacientes e dos seus familiares. 

Dentre as medidas adotadas pela instituição, para garantir a segurança e excelência dos atendimentos, bem como impactar o mínimo possível o dia a dia dos colaboradores e controlar cada vez mais a transmissão do vírus, destacam-se: 
1. As visitas aos pacientes internados estão temporariamente PROIBIDAS;

2. O uso de máscara no ambiente hospitalar é OBRIGATÓRIO, durante todo o período de permanência no hospital, por todas as pessoas;

3. A presença de acompanhante não é recomendável, sendo permitida, conforme legislação e contratos existentes, exceto, para a Unidade de Atendimento Respiratório, onde poderão ser autorizados os acompanhantes de menores e gestantes; 

4. É proibido acompanhantes com mais de 60 anos e/ou portadores de doenças crônicas, tais como: diabetes, hipertensão, cardiopatas, doença respiratória e/ou pacientes oncológicos e/ou imunossuprimidos e/ou gestante ou lactante;

5. Não é permitido acompanhantes com síndrome infecciosa e/ou síndrome gripal;

6. A troca de acompanhantes não é recomendável, mas, não havendo possibilidade, somente deve ocorrer entre 7h e 8h ou entre 19h e 20h;

7. Na sala infusão de quimioterapia também está proibida a presença de acompanhantes;

8. Acompanhantes, quando permitidos, devem permanecer em tempo integral ao lado do paciente;

9. Todas as ações (atividade lúdicas, voluntários, grupos de música, visitas religiosas, sociais, técnicas, dentre outras), que não sejam para atendimento assistencial, continuam suspensas;

10. Visitas ao Memorial (área cultural) continuam suspensas;

11. Entrega de currículos presenciais também continuam suspensas. Os currículos devem ser encaminhados por e-mails, que são divulgados junto às vagas em nossos canais de comunicação institucionais;

12. Cursos presenciais do Centro de Educação Corporativa da FCV continuam suspensos, assim como os estágios não remunerados;

14. Campanhas de Diagnóstico e Rastreamento, realizadas pelas unidades móveis do Hospital, continuam suspensas;

15. Leilões presenciais em prol do HCM/FCV também continuam suspensos.


O Hospital do Câncer de Muriaé ainda reforça que seguir as recomendações dos órgãos oficiais é de extrema importância, durante toda a pandemia. Ainda contamos com o apoio e a compreensão de todos aqueles que, direta e indiretamente, frequentam a instituição, para que sigam todo o protocolo e, juntos, possamos superar este momento tão difícil. 

Dúvidas e Informações: (32) 3729-7000.
Compartilhe