www.fcv.org.br

Artigos

21/06/2018 - 07h21m

Versão para impressão
Enviar por e-mail
O Dia Nacional do Combate à Asma, lembrado em 21 de junho, busca alertar sobre os cuidados para conviver com a doença. A asma costuma ser chamada de bronquite ou bronquite asmática. É uma doença pulmonar crônica em que ocorre inflamação das vias aéreas, que conduzem o ar para os pulmões. Isso provoca o estreitamento (broncospasmo) e edema dos brônquios (pequenos canais que conduzem ar aos pulmões), o que dificulta a livre passagem do ar. Pessoas de qualquer idade podem sofrer de asma, mas, a maioria dos casos é diagnosticada na infância e é comum a manifestação em membros de uma mesma família.

Causa
A asma é uma doença de causa multifatorial. Estão relacionados à ocorrência de asma fatores genéticos, ambientais, fumaça de cigarro, poeira doméstica e ácaros, ou desencadeantes, como infecções das vias respiratórias por vírus, medicamentos, entre outros. Pais fumantes levam a um aumento considerável da susceptibilidade nas crianças às crises asmáticas.
 
Principais sintomas
As crises de falta de ar são os sintomas mais comuns. Mas, problemas crônicos também indicam a doença, como tosse seca, cansaço, chiado e sensação de opressão no peito.
 
Tratamento 
A asma não tem cura, mas pode ser controlada através de tratamento. Ele pode ser preventivo ou para alívio imediato das crises, como os remédios em spray, também conhecidos como " bombinhas". Existem alternativas terapêuticas para o tratamento em longo prazo, como os corticóide inalatórios, fisioterapia respiratória e. em alguns casos, vacinas.
 
Para amenizar os sintomas e evitar as crises, são necessárias algumas medidas preventivas:

- ficar longe da fumaça de cigarro e da poluição
- evitar ambientes com muita poeira e ácaros
- não conviver com animais domésticos, como gatos e cachorros
- proteger-se das mudanças bruscas de temperatura
- prevenir-se contra gripes e resfriados
- praticar exercícios respiratórios, como natação e ioga

Fonte: Ministério da Saúde, livro "A saúde de nossos filhos", do Hospital Israelita Albert Einstein, site Drauzio Varella.